Capital Intelectual e o Sistema de Controles Gerenciais das Instituições Públicas de Ensino Superior: Um Ensaio Teórico sob a Perspectiva da Teoria da Contingência

  • Moreno T
  • Borsatto Junior J
  • Vesco D
  • et al.
N/ACitations
Citations of this article
34Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

O contexto econômico evoluiu para a era do conhecimento. Nesse sentido, os recursos relacionados ao capital intelectual ganham destaque como um determinante para lidar com as variáveis contingenciais. O fator que impulsiona o capital intelectual é o capital humano, recurso intensivo em instituições públicas de ensino superior, fato que justifica o presente estudo, com o objetivo de discutir a influência do capital intelectual nos sistemas de controle de gestão de universidades públicas, sob a perspectiva do capital intelectual como fator contingencial. Realizou-se pesquisa bibliográfica, a fim de atingir o objetivo proposto. Percebe-se falta de desenvolvimento da literatura relacionada ao tema, um cuidado ainda incipiente, com o capital humano nas instituições públicas de ensino superior.

Cite

CITATION STYLE

APA

Moreno, T. C. B., Borsatto Junior, J. L., Vesco, D. G. D., & Walter, S. A. (2016). Capital Intelectual e o Sistema de Controles Gerenciais das Instituições Públicas de Ensino Superior: Um Ensaio Teórico sob a Perspectiva da Teoria da Contingência. Revista Ibero-Americana de Estratégia, 15(03), 39–52. https://doi.org/10.5585/riae.v15i3.2319

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free