O catolicismo como ideal: produção literária antijudaica no mundo português da Idade Moderna

  • Feitler B
N/ACitations
Citations of this article
4Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

Nos séculos XVII e XVIII difundiu-se em Portugal uma grande quantidade de obras de polêmica antijudaica quando oficialmente já não existiam judeus no país. Essas obras (tratados, diálogos, sermões, panfletos) por vezes tinham o objetivo aparente de converter sinceramente os cristãos-novos, que continuavam a ser identificados aos judeus. De modo mais freqüente, visavam rebaixar os cristãos-novos e alertar a população cristã-velha sobre o perigo que eles representariam para a sociedade, sendo aqueles postos no tradicional papel de bodes expiatórios, desta vez do declínio do poderio português.During the centuries XVII and XVIII, when officially there were no more Jews in the country, a wide variety of works against Judaism appeared in Portugal. These works (treatises, dialogues, sermons, pamphlets) sometimes aimed at the conversion of the New Christians, who were still identified to Jews. More often, however, their goal was to alert the population about the problems they could bring to society and blame them for the decline of the Portuguese empire.

Cite

CITATION STYLE

APA

Feitler, B. (2005). O catolicismo como ideal: produção literária antijudaica no mundo português da Idade Moderna. Novos Estudos - CEBRAP, (72), 137–158. https://doi.org/10.1590/s0101-33002005000200008

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free