CIANOBACTÉRIAS EM RESERVATÓRIOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO: OCORRÊNCIA E TOXICIDADE

  • Lima V
N/ACitations
Citations of this article
6Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

A qualidade da água dos reservatórios de abastecimento público do Estado de Pernambuco vem sendo comprometida, no que concerne a seu padrão de potabilidade, isto se deve ao intenso processo de eutrofização. Este processo de enriquecimento das águas prejudica os usos múltiplos dos reservatórios, principalmente pelo fato de propiciar o desenvolvimento de florações de cianobactérias potencialmente produtoras de cianotoxinas que podem afetar a saúde de muitos animais, inclusive do homem. Deste modo, o presente estudo teve como objetivo realizar o levantamento taxonômico das cianobactérias e determinar a concentração de cianotoxinas pelo método imunoenzimático (ELISA) nos reservatórios de Jucazinho e Carpina, situados no Agreste e na Zona da Mata Norte do Estado de Pernambuco, respectivamente. As amostras foram coletadas com frequência mensal, durante os meses de setembro a dezembro de 2014, na região limnética próximo ao ponto de captação dos reservatórios. Foi relatada a ocorrência de florações de cianobactérias potencialmente produtoras de cianotoxinas em amostras de água dos reservatórios estudados. Contudo, as concentrações de cianotoxinas em ambos os reservatórios ficaram abaixo dos valores máximos permissíveis estabelecidos na portaria MS 2.914/2011. Diante de tais resultados, a ocorrência de “blooms” tóxicos de cianobactérias nos reservatórios em estudo aponta um risco permanente de cianotoxinas e indica a necessidade da implementação de medidas de controle das florações, visando à melhoria da qualidade das águas.

Cite

CITATION STYLE

APA

Lima, V. H. M. de. (2017). CIANOBACTÉRIAS EM RESERVATÓRIOS DO ESTADO DE PERNAMBUCO: OCORRÊNCIA E TOXICIDADE. HOLOS, 4, 111. https://doi.org/10.15628/holos.2017.4470

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free