Conhecimento dos acadêmicos e profissionais da fisioterapia sobre dor: uma revisão sistemática

  • Santos A
  • Barbosa M
  • Souza A
  • et al.
N/ACitations
Citations of this article
7Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

Estudos demonstram que acadêmicos e profissionais da fisioterapia apresentam limitações no conhecimento sobre diversos aspectos do tema “dor”. Isso pode implicar em abordagens inadequadas e em maior sofrimento dos pacientes. Assim, objetivou-se revisar estudos que investigaram o conhecimento de acadêmicos e profissionais da fisioterapia sobre dor, bem como os que propuseram estratégias para modificar tal conhecimento. Trata-se de uma revisão sistemática, e foram consultadas as bases de dados EBSCOhost, LILACS, PubMed, REDALYC e SciELO, por meio do cruzamento das palavras-chave: “pain”, “knowledge”, “education”, “curriculum”, “physical therapy specialty” e os seus correspondentes em português. Foram considerados elegíveis os estudos observacionais ou experimentais que analisaram o conhecimento sobre aspectos clínicos, fisiopatológicos e manejo da dor. Também foram elegíveis os que testaram estratégias para modificar o conhecimento sobre dor. A triagem pelos títulos e resumo resultou em 84 estudos. Contudo, apenas cinco foram incluídos. Esses analisaram o conhecimento sobre aspectos gerais da dor, sendo publicados entre 2003 e 2016. Apenas 60% dos estudos investigaram participantes da fisioterapia, sendo que 100% deles verificaram o conhecimento por meio de questionários autoaplicáveis. Quatro estudos utilizaram questionários validados. Somente 20% testaram estratégias para modificar o conhecimento sobre dor. Os resultados desta revisão indicam que o tema “dor” é abordado apenas como subtema complementar, o que, embora permita o aprendizado, não tem sido suficiente para garanti-lo. Profissionais da fisioterapia apresentam inconsistência entre o conhecimento teórico e os seus papeis no manuseio e na assistência humanizada da dor. Estratégias de ensino-aprendizagem ativas podem aprimorar o conhecimento acadêmico sobre dor.

Cite

CITATION STYLE

APA

Santos, A. C. N. dos, Barbosa, M. L., Souza, A. G. de, & Petto, J. (2017). Conhecimento dos acadêmicos e profissionais da fisioterapia sobre dor: uma revisão sistemática. ABCS Health Sciences, 42(2). https://doi.org/10.7322/abcshs.v42i2.1010

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free