Enfermagem cuidando de paciente adulto e família no processo de morte em sala de emergência

  • Tome L
  • Popim R
  • Dell’Acqua M
N/ACitations
Citations of this article
9Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

O estudo teve como objetivo compreender a experiência dos profissionais de enfermagem no cuidado apacientes adultos e respectivas famílias que vivenciam o processo de morte em sala de emergência. Foram analisadas narrativas de doze profissionais de enfermagem, dos quais oito eram auxiliares/técnicos e quatro eram enfermeiros de um pronto-socorro de um hospital universitário de alta complexidade. A coleta de dados ocorreu por meio de entrevistas semiestruturadas, os dados foram analisados segundo a proposta de análise deconteúdo de Bardin. Como resultado, emergiu o tema o processo de luto do familiar, com duas categorias: ôAalteridade como aberturaö e ôO sofrimento como limiteö. Quando a subjetividade revelada sob o princípio da alteridade permeava as ações dos sujeitos, as práticas de enfermagem eram voltadas às necessidades dospacientes e de seus familiares; mas o sofrimento como limite impediu que os profissionais oferecessem ocuidado, mesmo quando percebido como necessário.(AU)

Cite

CITATION STYLE

APA

Tome, L. Y., Popim, R. C., & Dell’Acqua, M. C. Q. (2012). Enfermagem cuidando de paciente adulto e família no processo de morte em sala de emergência. Ciência, Cuidado e Saúde, 10(4). https://doi.org/10.4025/cienccuidsaude.v10i4.18307

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free