Estimativa do teor de cafeína nas sementes de café baseada na sua concentração nas folhas de mudas e de plantas adultas

  • Chaves J
  • Miyazawa M
  • Bloch M
  • et al.
N/ACitations
Citations of this article
21Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

Este trabalho foi conduzido no Centro Experimental do Iapar em Londrina - PR, sendo realizadas amostragens de folhas, de casca de café e de sementes em plantas de Coffea arábica cvs. Mundo Novo, Catuaí, Icatu, Sarchimor e Laurina e de Coffea canephora cv. Robusta, com o objetivo de economizar tempo na seleção de plantas para teores de cafeína na semente, mediante o conhecimento prévio das concentrações do alcalóide nas folhas. A amostragem das folhas a campo foi feita conforme a idade: 1o. 3o. e 6o.. pares, nos estádios de chumbinho dos frutos, de enchimento dos grãos, de granação e de maturação. Os frutos foram coletados no estádio de cereja; parte de suas sementes foi semeada para obtenção de mudas das quais retiraram-se o 1o e 3o pares de folhas para análise. Os materiais coletados foram secos, moídos e submetidos à análise de cafeína, sendo a extração efetuada pelo método da água quente e a determinação por espectrofotometria a 273 nm. Os resultados mostraram que, para as duas espécies utilizadas, o teor de cafeína, no primeiro e no terceiro pares de folhas de mudas, aumentou linearmente com o aumento do teor de cafeína nas sementes das plantas da mesma variedade no campo, podendo, as folhas de mudas indicar, com eficiência, os teores nas sementes das plantas adultas. Em condições de campo, com plantas adultas, o primeiro par de folhas mostrou sempre valores superiores de cafeína em relação às folhas mais velhas, particularmente no caso da espécie C. canephora. No período de maturação dos frutos, foi encontrado o menor teor de cafeína nas folhas. O primeiro par de folhas amostrado no estádio “chumbinho” dos frutos pode predizer, com mais eficiência, o teor de cafeína das sementes. Observou-se que o teor do alcalóide foi menor na palha (casca + pergaminho) comparativamente às sementes. Nas sementes, os valores de cafeína aumentaram linearmente com os teores de N

Cite

CITATION STYLE

APA

Chaves, J. C. D., Miyazawa, M., Bloch, M. D. F. M., & Yamakami, J. K. (2004). Estimativa do teor de cafeína nas sementes de café baseada na sua concentração nas folhas de mudas e de plantas adultas. Acta Scientiarum. Agronomy, 26(3). https://doi.org/10.4025/actasciagron.v26i3.1819

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free