Propriedades Psicométricas do Inventário de Depressão de Beck-II (BDI-II) em Uma Amostra Universitária

  • Finger I
  • Argimon I
N/ACitations
Citations of this article
5Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

O objetivo do estudo foi de analisar as propriedades psicométricas do BDI-II para realizar a validade de construto do inventário, além de observar aspectos associados à sintomatologia depressiva, seus graus de correlação e significância. A amostra foi composta por 857 estudantes universitários de uma universidade privada do Estado do Rio Grande do Sul. Utilizou-se uma ficha de dados sociodemográficos e o BDI-II. As análises estatísticas foram realizadas mantendo um nível de significância de 5%. Os resultados foram: Alfa de Cronbach igual a 0,89; verificou-se uma boa estabilidade temporal (ri = 0,73; p < 0,001); através de métodos da análise fatorial, reduziu- se os itens a três fatores (cognitivo-emocional, comportamental e sensações de perda) que explicam 44,57% da variação total. Observou-se que 8,8% da amostra apresentou sintomas depressivos. Além disso, correlações de sintomas depressivos com alguns aspectos associados são apresentadas

Cite

CITATION STYLE

APA

Finger, I. R., & Argimon, I. I. L. (2013). Propriedades Psicométricas do Inventário de Depressão de Beck-II (BDI-II) em Uma Amostra Universitária. Revista de Psicologia Da IMED, 5(2), 84–91. https://doi.org/10.18256/2175-5027/psico-imed.v5n2p84-91

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free