TEORIA CRÍTICA E PESQUISA EMPÍRICA EM EDUCAÇÃO: A SALA DE AULA DE FÍSICA

  • Guimaraes W
  • Roriz E
  • Vilela R
N/ACitations
Citations of this article
5Readers
Mendeley users who have this article in their library.

Abstract

O objetivo da pesquisa foi investigar o currículo materializado na sala de aula de Física, interpretando o que os dados nos revelaram, no processo de didatização do conhecimento, sobre a efetivação das diretrizes curriculares do ensino de Física. O pressuposto para a pesquisa é que o currículo materializado traduziria o sentido do ensino da Física no projeto pedagógico da modernidade, ou seja, como o ensino de Física favoreceria a realização das aspirações da Bildung. – educar, ensinar e formar. A metodologia utilizada foi a Hermenêutica Objetiva, um procedimento de pesquisa empírica qualitativa e interpretativa, desenvolvido pelo sociólogo Ulrich Oevermann, que permitiu compreender a escola a partir da reconstituição da aula. A investigação apontou que a disciplina analisada na sala de aula não confirma a realização das diretrizes curriculares de um ensino de Física que promova a autonomia para o aprender a partir dos elementos próximos, práticos e vivenciais dos alunos. Em vários momentos, a aula sustentada no senso comum, em informações equivocadas e mesmo reducionistas resulta na semiformação e na falta de um ensino da Física abordado enquanto construção histórica, como atividade social humana na qual as teorias científicas mantêm uma relação complexa com o contexto social, político, econômico e cultural em que ocorreram. Fato que reforça um processo educacional de mitificação do conhecimento científico, por parte dos alunos e limita a atuação dos mesmos, como cidadãos ativos e críticos, capazes de emitirem juízos de valor em relação a situações sociais que envolvam aspectos físicos e/ou tecnológicos relevantes. Palavras-chave: Teoria Crítica, Currículo, Sala de aula, Formação (Bildung), Indústria Cultural.

Cite

CITATION STYLE

APA

Guimaraes, W. D. F., Roriz, E. G., & Vilela, R. A. T. (2015). TEORIA CRÍTICA E PESQUISA EMPÍRICA EM EDUCAÇÃO: A SALA DE AULA DE FÍSICA. HOLOS, 2, 212. https://doi.org/10.15628/holos.2015.1571

Register to see more suggestions

Mendeley helps you to discover research relevant for your work.

Already have an account?

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free