Atenção aos defeitos congênitos no Brasil : panorama atual

  • Horovitz D
  • Jr J
  • Mattos R
  • 21

    Readers

    Mendeley users who have this article in their library.
  • 36

    Citations

    Citations of this article.

Abstract

Os defeitos congênitos vêm apresentando rele- vância crescente como causa de sofrimento e prejuízos à saúde da população. Define-se co- mo malformação congênita a anomalia estru- tural presente ao nascimento 1. Uma definição mais ampla seria a expressão “defeito congêni- to” (tradução do inglês “birth defect”), incluin- do toda anomalia funcional ou estrutural do desenvolvimento do feto decorrente de fator originado antes do nascimento, seja genético, ambiental ou desconhecido, mesmo quando o defeito não for aparente no recém-nascido e só manifestar-se mais tarde 2. Estudos indicam que a incidência geral dos defeitos congênitos na América Latina não di- fere, significativamente, daquela encontrada em outras regiões do mundo 3. De modo geral, pode-se considerar que não menos de 5,0% dos nascidos vivos apresentam alguma anoma- lia do desenvolvimento, determinada, total ou parcialmente, por fatores genéticos. Acrescen- tando-se os distúrbios que se manifestam mais tarde, como certas enfermidades crônicas de- generativas, é ainda mais evidente o conside- rável efeito que têm os fatores genéticos sobre a saúde 2. Apesar dos fatores genéticos estarem impli- cados em praticamente todas as doenças, co- mo resultado de sua interação com o ambien- te, o papel relativo do componente genético Cad.

Get free article suggestions today

Mendeley saves you time finding and organizing research

Sign up here
Already have an account ?Sign in

Find this document

Authors

  • Dafine Dain Gandelman Horovitz

  • Juan Clinton Llerena Jr

  • Ruben Araújo de Mattos

Cite this document

Choose a citation style from the tabs below

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free