Protocolo para produção de material propagativo de batata em meio líquido

  • Pereira J
  • Fortes G
  • 14

    Readers

    Mendeley users who have this article in their library.
  • 22

    Citations

    Citations of this article.

Abstract

Os meios semi-sólidos são os mais utilizados em trabalhos de micropropagação, mas há indícios de que o estado físico dos meios de cultura influencia a multiplicação dos cultivos. O objetivo deste trabalho foi estabelecer um protocolo para a multiplicação de material propagativo de batata em meio de cultura líquido. Explantes de batata da cultivar Eliza, com uma gema axilar, foram cultivados em seis diferentes meios de cultura, com (semi-sólido) ou sem (líquido) a adição do solidificante ágar. Após 21 dias de cultivo, o meio de cultura que proporcionou os melhores resultados para crescimento e taxa de multiplicação teve sua composição modificada com o objetivo de melhorar a eficiência de multiplicação de cinco cultivares em meio líquido. Foi também avaliada a necessidade de agitação dos cultivos em meio líquido. Houve ganho na eficiência de multiplicação in vitro da batata, quando se utiliza meio de cultura líquido. Os melhores resultados são obtidos quando o material é cultivado em meio constituído pelos sais de MS na concentração plena, acrescido de ácido pantotênico (5,0 mg L-1 tiamina (1,0 mg L-1 ), ), ácido giberélico (0,25 mg L-1 ) e sacarose (20 g L-1 ), sob agitação constante.

Author-supplied keywords

  • In vitro culture
  • Micropropagation
  • Plant propagation
  • Solanum tuberosum

Get free article suggestions today

Mendeley saves you time finding and organizing research

Sign up here
Already have an account ?Sign in

Find this document

Authors

  • Jonny Everson Scherwinski Pereira

  • Gerson Renan De Luces Fortes

Cite this document

Choose a citation style from the tabs below

Save time finding and organizing research with Mendeley

Sign up for free